Login
Sobre ReXistências

Andrea Vieira Zanella, Déborah Levitan, Andrea Vieira Zanella, Gabriel Bueno De Almeida & Janaina Rocha Furtado

Résumé As discussões sobre resistências têm sido frequentes em campos
diferentes do conhecimento e a partir de variadas perspectivas.
Este artigo pretende contribuir com este debate,
problematizando algumas práticas sociais de jovens em
contextos urbanos, mais especificamente as que se caracterizam
por sua dimensão inventiva. Para promover o debate são
apresentados três fragmentos de dissertações que tiveram como
foco processos de criação engendrados por jovens em contextos
e condições diversas. As condições contemporâneas nos
provocam a olhar para estas práticas estético-artísticas
efêmeras, momentâneas, anônimas, considerando-as como
intervenções que proclamam novos modos de viver e agir nos
espaços urbanos. Através dessas intervenções, ainda que não
caracterizadas como resistências opositivas, os jovens resistem
às formas de sujeição e submissão que lhes são atribuídas, ao
esquecimento e à condição de margem a que são relegados. Eles
lutam, criam, resistem e insistem. Enfim, eles re-existem, daí a
assunção dessas práticas como reXistências.
   
Mots-clés Resistance, Art, Politics, Social psychology, Young people
   
Citation Zanella, A. V., Levitan, D., Zanella, A. V., Almeida, G. B. d., & Furtado, J. R. (2012). Sobre ReXistências. Revista Psicologia Política (Impresso), 12, 247-262.
   
Type Article de périodique (Autre)
Date de publication 5-2012
Nom du périodique Revista Psicologia Política (Impresso)
Volume 12
Pages 247-262